Off do cafezinho


LAMENTÁVEL

O JL de hoje, traz uma lamentável entrevista com a secretaria municipal de Educação Karin Sabec, envolvida numa polémica sobre reeleição de diretores,  tema que retornarei em breve, no momento quero me ater a entrevista.

Além das várias contradições ditas,  uma afirmação salta para a indignação. "Nos últimos 15 anos tivemos poucos avanços na educação" . A necessidade de convencer sem argumentos,  leva a situações como esta. Depreciar uma rede conhecida por sua qualidade, independente do governo que mande, é mais que uma ofensa, é uma agressão.  Alias, parece que o que se busca é justamente afastar aquelas diretoras mais experientes e que não se calam ante os desmandos e desrespeitos dos governantes.

Tomo emprestado, trechos de matérias publicadas pelo mesmo JL em 16/7/2010 falando dos avanços das escolas municipais verificados com o resultado do IDEB: "Em síntese, as políticas públicas podem afetar positivamente o ensino, mas a possibilidade de mudança está, de fato, nas mãos de quem dirige as estruturas educacionais nas comunidades onde moram as mais de 30,5 mil crianças matriculadas ...Na média geral, nas escolas municipais de Londrina as séries do ensino fundamental (de 1ª a 4ª séries) obtiveram 5,7 de nota - crescimento de 0,3 ponto em relação ao índice anterior, de 2007. Das 80 escolas, 56 atingiram metas que estavam previstas apenas para 2011....Na Escola Municipal John Kennedy, em Guaravera ...Geraldo Bento é um dos responsáveis, com a equipe de professores e supervisão, pelo salto que fez a escola sair de uma nota 3,7 para 5,7 em quatro anos. A meta da escola, determinada pelo Ideb, era atingir esse resultado apenas em 2020. “Somos a prova de que é possível sair de uma situação ruim para uma situação muito mais confortável”, avalia. "  http://www.jornaldelondrina.com.br/edicaododia/conteudo.phtml?id=1025685

Como mostra a reportagem do JL,  esses avanços foram medidos, não são fruto do achismo, da má vontade ou do simples equivoco mesmo. Houve avanços e não foram poucos, quem conhece um pouco, a rede municipal sabe bem disso. Pra finalizar, coloco aqui uma fala da secretária Karin na reportagem citada acima, mas que é muito atual, e deveria fazer parte do pensamento dela diariamente. “Temos muitas dificuldades, com toda certeza. Mas contamos com os professores, supervisores e diretores para dar conta do recado... Se a Secretaria de Educação não atrapalhar essa independência, já ajuda”, afirma.

 



Escrito por Glaudio Lima às 17h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sul, LONDRINA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Política, Esportes



Meu humor



Histórico


    Votação
    Dê uma nota para
    meu blog



    Outros sites
     UOL - O melhor conteúdo
     Baixo Clero
     Paçoca
     Paulo Bernardo
     Zé Serra
     Gleisi
     fabio nagaroto
     Cesar Bueno
     André Guimarães
     blog do André Vargas